Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BPI antecipa subida de 12% dos lucros dos CTT até Setembro

Para o BPI, o segmento dos serviços financeiros dos CTT deverão ter registado “uma queda de 11% no terceiro trimestre” devido à queda na subscrição de obrigações. Para o EBITDA, é esperado um crescimento de 2% no terceiro trimestre.

Pedro Elias/Negócios
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 19 de Outubro de 2015 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O BPI acredita que os CTT registaram, no terceiro trimestre, vendas consolidadas que podem ser consideradas estáveis comparativamente com o mesmo período do ano passado. Numa nota de análise de antecipação dos resultados da empresa de serviço postal a que o Negócios teve acesso, os analistas do BPI apontam ainda que as vendas dos CTT deverão ter registado um crescimento de 3% nos primeiros nove meses do ano e esperam "uma evolução positiva" no Correio e nas Encomendas e "comparáveis difíceis em serviços financeiros".

"Os CTT devem também contabilizar o impacto de 15 milhões de euros da taxa paga antecipadamente pela Altice", defendem ainda os analistas do BPI. "Para o segmento do correio estamos a prever uma diminuição de 2,5% em termos de volumes no terceiro trimestre comparando com o mesmo período de 2014, ainda que possam existir alguns riscos ascendentes relacionados com as eleições legislativas em Portugal. As receitas de correio no terceiro trimestre deverão ter crescido em 1,8% com os volumes de correio mais baixos a compensarem", pode ler-se ainda na nota de análise.

Em relação ao segmento das encomendas, a unidade de investimento do BPI antecipa "uma evolução ligeiramente melhor das receitas do que no primeiro semestre (+4% vs. +2% no 1º semestre) com a actividade a estabilizar em Espanha depois das mudanças implementadas no modelo de franchising".

Para o segmento dos serviços financeiros, a unidade de investimento do banco liderado por Fernando Ulrich espera "uma queda de 11% no terceiro trimestre comparando com o mesmo período do ano passado" tendo sido este período afectado "pela diminuição da subscrição de obrigações portuguesas no retalho".


Em termos de EBITDA, os analistas antecipam um crescimento de 2% no terceiro trimestre para 35,2 milhões de euros. Relativamente aos primeiros nove meses do ano, os analistas do BPI antecipam que o EBITDA se situe nos 105,6 milhões de euros.

O resultado líquido no terceiro trimestre dos CTT, estimado pelos analistas do BPI, é de 19,7 milhões de euros. E nos primeiros nove meses deste ano, os especialistas do BPI antecipam um resultado líquido de 58,9 milhões de euros, o que compara com os lucros de 52,6 milhões de euros registados há um ano. O que significa que, a confirmar-se as estimativas dos analistas dos BPI, os resultados do BPI vão registar uma subida em torno de 12% nos primeiros nove meses deste ano comparando com o mesmo período do ano passado.


Os CTT apresentam os seus números no dia 4 de Novembro, após o fecho do mercado.


As acções dos CTT segue neste momento a subir 0,20% para 10,03 euros.

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

Ver comentários
Saber mais BPI CTT serviço postal resultados trimestrais
Outras Notícias