Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Analistas estimam queda dos resultados da ZON em 2007

O Banco Espírito Santo e o CaixaBI estimam que a ZON Multimédia apresente uma queda dos lucros de 2007, face ao ano anterior, devido a despesas extraordinárias relacionadas com o processo de cisão da Portugal Telecom. As casas de investimento consideram,

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 26 de Fevereiro de 2008 às 11:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Banco Espírito Santo e o CaixaBI estimam que a ZON Multimédia apresente uma queda dos lucros de 2007, face ao ano anterior, devido a despesas extraordinárias relacionadas com o processo de cisão da Portugal Telecom. As casas de investimento consideram, no entanto, que este efeito se irá diluir progressivamente nos próximos trimestres.

A ZON Multimédia vai apresentar os números de 2007 amanhã, dia 27, antes da abertura do mercado.

O BES prevê que a empresa liderada por Rodrigo Costa anuncie lucros de 69,1 milhões de euros, um valor 3% abaixo do registado em 2006. As receitas terão aumentado 5% para 718 milhões de euros, devido, principalmente, à performance dos negócios de televisão paga e banda larga "dada a evolução positiva em termos de subscritores e receita média por cliente".

"Não esperamos que os números do quarto trimestre representem uma melhoria face aos trimestres anteriores, e portanto, sejam um catalizador para a acção", referem os analistas Nuno Matias e Sandra Sousa, que têm a recomendação para a ZON em revisão.

"A empresa, provavelmente teve que contabilizar alguns custos extraordinários resultantes do ‘spin-off’ e, além disso, neste período, chegou uma nova administração à companhia o que pode ter causado algum distúrbio nas orientações do grupo", explicam acrescentando que "para os próximos trimestres, esperamos que estes efeitos sejam diluídos progressivamente".

O CaixaBI prevê que os resultados da ZON tenham descido 14,1% para 64,5 milhões de euros. As receitas operacionais terão aumentado 7,6% para 717,4 milhões de euros.

"A nossa tese de investimento é de que, devido à cisão, a nova administração está finalmente livre de restrições para implementar um plano de negócios ambicioso", refere o analista João Carlos Fidalgo.

O especialista chama a atenção para o facto dos resultados de 2007 "terem sofrido o impacto de custos extraordinários com o ‘spin-off’ da PT que não estavam incluídos nas nossas estimativas" pelo que "a nossa previsão de lucros deve ser cautelosamente comparada com o número que for divulgado".

O CaixaBI tem uma recomendação de "comprar" com um preço-alvo de 11,05 euros para as acções da ZON.

As acções da ZON [zon] seguiam a descer 0,69% para 8,66 euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias