Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Analistas: Resultados da Zon demonstram capacidade de gerar "cash flow"

Os resultados anunciados pela Zon Multimédia não trouxeram aos analistas "surpresas relevantes" acerca da evolução operacional da cotada. "De sublinhar" é o perfil de forte geração de "cash flow" da operadora, referem.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 27 de Julho de 2012 às 11:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os resultados da Zon ficaram em linha com o esperado pelos analistas, segundo as notas de análise do Santander e do BES Investimento a seguir à divulgação dos resultados da Zon.

“Não existiram surpresas quanto às tendências operacionais no segundo trimestre”, refere a nota de análise de Fernando Cordero Barreira, analista do Banco Santander. A deterioração da receita média por cliente “acelerou”, penalizada pela queda das subscrições “premium”.

A redução de custos “quase compensou totalmente a pressão sobre as receitas”, afirma o banco de investimento espanhol. Já o BES Investimento nota que a Zon conseguiu reforçar a base de clientes “triple-play” que “é uma ferramenta importante para combater a rotatividade dos clientes”.

A cotada conseguiu aumentar o número de subscritores no negócio de televisão paga, banda larga e voz fixa. O EBITDA da operadora liderada por Rodrigo Costa (na foto) cresceu 0,4%, em termos homólogos, no segundo trimestre.

“Também de sublinhar é o perfil de muito forte geração de ‘cash flow’ com a empresa a continuar a apresentar” reduções das despesas de investimento em linha com as metas fixadas pela gestão, lê-se na nota de análise do BESI.

Os títulos da Zon Multimédia depreciam 0,82% para 2,06 euros. O preço-alvo do BESI para a cotada é de 3,5 euros por acção (potêncial de valorização de 69,9%) e do Santander é de 2,70% (31,1%), com recomendação de "comprar".
Ver comentários
Saber mais Zon Multimédia resultados research
Outras Notícias