Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Barclays eleva preço-alvo da PTM para 9,20 euros e sobe recomendação

O Barclays elevou a recomendação para as acções da PT Multimédia (PTM) de 7,50 euros para 9,20 euros, depois da empresa ter procedido à venda da PTM.com e das Páginas Amarelas, um facto que antecipa a geração de «cash-flow» positivo.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 19 de Novembro de 2002 às 15:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Barclays elevou a recomendação para as acções da PT Multimédia (PTM) de 7,50 euros para 9,20 euros, depois da empresa ter procedido à venda da PTM.com e das Páginas Amarelas, um facto que antecipa a geração de «cash-flow» positivo.

Apesar da valorização de 32% conseguida em Outubro, o Barclays elevou a recomendação para as acções da PTM [PTM] de «venda» para «acumular», sugerindo um preço objectivo a 12 meses de 9,20 euros, 23% acima do anterior preço-alvo.

Anteriormente, o banco de investimento esperava que o grupo que controla a TV Cabo gerasse um «cash flow» positivo em 2004, uma situação antecipada em «um ou dois anos», depois da venda de 100% da PT Multimedia.com, «um activo gerador de perdas», e da alienação da participação de 24,75% nas páginas amarelas.

Segundo o Barclays, a PTM consegue realizar a restruturação do seu balanço, enaltecendo a fungibilidade das acções da Multimédia numa única linha de negociação, e o consequente aumento da ponderação no índice PSI20 [PSI20] que se encontra, aos actuais preços, em 2,12%.

As acções da PTM, que no decorrer de Novembro acumulam uma desvalorização de 0,63%, negociavam em queda de 1,24% para 7,95 euros. O preço-alvo de 9,20 euros tem incorporado um potencial de subida remanescente de 14% face à cotação de ontem.

Outras Notícias