Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BESI melhora estimativas para a Sonae e sobe "target" para 1,47 euros

Analistas acreditam que os resultados serão um dos principais catalisadores das cotações.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 11 de Março de 2014 às 10:04
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Os analistas do BESI decidiram subir o preço-alvo da Sonae de 1,35 euros, para 1,47 euros, depois de terem revisto em alta as suas estimativas de lucros para a empresa, devido à recuperação da economia. Casa de investimento reiterou aposta na empresa, que continua a ser uma das “balas de prata” do BESI.

 

“Nós revimos as nossas estimativas para os lucros por acção da Sonae para 2013 a 2016 numa média de 13%, sobretudo devido à Sonae SR e à Sierra, as mais sensíveis à recuperação económica que apenas começou na Ibéria”, explica a equipa de analistas liderada por Filipe Rosa, numa nota de análise a que o Negócios teve acesso.

 

A casa de investimento acredita que o crescimento dos resultados será um dos principais catalisadores da empresa, fortemente exposta ao ciclo da economia.

 

Além das melhores perspectivas para a Sonae Sierra, o BESI também aumentou a contribuição da Sonaecom, após a oferta de aquisição lançada pela empresa sobre as posições minoritárias no seu capital, tendo passado a avaliar a companhia liderada por Ângelo Paupério pelo valor dos activos líquido, em detrimento das cotações.

 

“Acreditamos que a Sonae vai continuar a comprar acções da Sonaecom no mercado, na medida em que na nossa opinião o seu objectivo final é obter o controlo total do balanço da Sonaecom e futura corrente de dividendos”, escrevem os especialistas.

 

Ainda assim, os analistas acreditam que a Sonae não tem pressa para comprar as acções remanescentes da Sonaecom e identificam potencial para maior criação de valor.

 

No lado negativo, o BESI baixou a avaliação para a “Sonae MC para permitir uma menor inflação na alimentação e a maior actividade de promoções no mercado do retalho alimentar em Portugal”.

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de “research” emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de “research” na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

 

Ver comentários
Saber mais BESI Sonae Sonaecom research
Outras Notícias