Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BNP Paribas prevê quebra de 21% nos resultados anuais da Portugal Telecom

O Exane BNP Paribas estima que a Portugal Telecom apresente lucros de 9 milhões de euros, relativos ao quarto trimestre, valor que ascende a 679,1 milhões no total do exercício de 2007. A operadora liderada por Henrique Granadeiro deverá, segundo o banco

Paulo Moutinho 26 de Fevereiro de 2008 às 11:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Exane BNP Paribas estima que a Portugal Telecom apresente lucros de 9 milhões de euros, relativos ao quarto trimestre, valor que ascende a 679,1 milhões no total do exercício de 2007. A operadora liderada por Henrique Granadeiro deverá, segundo o banco francês, apresentar uma quebra de 21% nos resultados líquidos, face ao período homólogo.

"Esperamos que a PT apresente um aumento nas receitas referentes ao quarto trimestre de 8,7% para 1.608 milhões de euros e um EBITDA de 569 milhões, uma quebra de 17,8% face ao mesmo período de 2006", afirma o analista Mathieu Robilliard, numa nota de investimento emitida hoje.

Estes valores, somados aos divulgados pela PT, referentes aos primeiros nove meses, fazem com que o BNP Paribas preveja receitas de 6.138,7 milhões de euros para a operadora, no total de 2007 (um aumento de 6,5% face a 2006) e um crescimento no EBITDA de 2,6% para 2.294,7 milhões de euros.

O desempenho positivo em termos de receitas e EBITDA ficará a dever-se à performance da Vivo, a operadora móvel brasileira, que, segundo o analista, deverá ter compensado as "fracas tendências ao nível doméstico", onde o banco prevê uma quebra nas receitas no fixo e um crescimento ligeiro nos proveitos do móvel.

Relativamente aos resultados líquidos, o banco aponta para lucros de 9 milhões, no trimestre, "uma vez que a PT deverá ter, novamente, reduzido pessoal. Isto representa um custo de 275 mil euros por empregado e nós avaliamos o custo total em 133 milhões no quarto trimestre".

Este lucro trimestral representa uma quebra de 97,5% face ao mesmo trimestre de 2006. No total, em 2007, o BNP Paribas prevê um resultado líquido de 679,1 milhões, menos 21,7% do que no ano anterior.

O BNP Paribas tem uma avaliação de 8,90 euros para a PT [ptc], que confere aos títulos da operadora um potencial de subida de 5,13% face à cotação actual de 8,465 euros. A recomendação manteve-se em "outperform".

Mais lidas
Outras Notícias