Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CaixaBI: BPI pode registar prejuízo de 92,7 milhões após venda de dívida pública portuguesa e italiana

O Caixa Banco de Investimento antecipa que o BPI registou um prejuízo de 92,7 milhões de euros no primeiro trimestre de 2014, devido a uma menos-valia de 102 milhões com a venda de metade da dívida que detinha em carteira de Portugal e de Itália.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 23 de Abril de 2014 às 09:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

O BPI poderá ter registado um resultado líquido negativo de 92,7 milhões de euros nos primeiros três meses do ano, antecipa o CaixaBI. Este valor compara com um prejuízo de 5,8 milhões de euros no último trimestre de 2013 e um lucro de 40,6 milhões de euros no período homólogo. O banco apresenta esta quinta-feira, 23 de Abril, após o fecho do mercado, os resultados referentes ao primeiro trimestre de 2014.

 

A estimativa do CaixaBI "é largamente influenciada pelo resultado relacionado com a venda de 50% da posição detida em dívida pública de médio e longo prazo de Portugal e da Itália, no valor nominal de 850 milhões de euros e 487,5 milhões de euros, respectivamente".

 

A venda destas obrigações, anunciada pelo banco a 1 de Abril, gerou uma mais-valia de 64 milhões de euros. Contudo, "o risco de taxa de juro das obrigações encontrava-se coberto por instrumentos derivados (swaps de taxa de juro) e com a alienação dos títulos concretizou-se simultaneamente o fecho dessa posição de cobertura, que gerou, por si só, perdas de 196 milhões de euros". No total, o impacto destas operações representou uma menos-valia de "132 milhões de euros antes de impostos e de 102 milhões de euros após impostos”, revelou o BPI.

 

O CaixaBI estima ainda que a margem financeira do banco liderado por Fernando Ulrich tenha registado um crescimento homólogo de 7,3% para 124,7 milhões de euros.

 

O analista André Rodrigues destaca que o banco deverá manter "uma postura conservadora ao nível do provisionamento" da sua carteira de crédito e prevê que "a linha de imparidades para crédito (líquida de recuperações) ascenda a 43,5 milhões de euros no primeiro trimestre de 2014".

 

O CaixaBI tem uma recomendação de "manter" para as acções do BPI e um preço-alvo de 1,50 euros. Este valor representa um potencial de queda de 23% face ao valor de fecho desta terça-feira. Na sessão de hoje, as acções do BPI recuam 0,86% para 1,956 euros.   

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research” na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 

Ver comentários
Saber mais BPI Fernando Ulrich
Outras Notícias