Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CaixaBI corta avaliação da Cofina devido a "cenário mais conservador para o negócio"

Os últimos resultados apresentados e as perspectivas para o negócio da Cofina levaram a que o CaixaBI cortasse a avaliação da empresa de media em mais de 20%.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 09:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O CaixaBI reviu em baixa a avaliação da Cofina, dona de publicações como o Negócios e o Correio da Manhã, estabelecendo um preço-alvo de 50 cêntimos por acção, o que representa um corte de 23% face à anterior avaliação, mas confere às acções um potencial de subida superior a 12% tendo em consideração a actual cotação (44,5 cêntimos). A recomendação também foi reduzida de "comprar" para "acumular".

 

O CaixaBI reviu a avaliação da Cofina, liderada por Paulo Fernandes (na foto), para prolongar o período da análise (até ao final de 2016) e ajustar "as estimativas para incluir os últimos resultados apresentados e um cenário mais conservador para o negócio", explica o banco de investimento.

 

"Apesar da capacidade já demonstrada pela Cofina em reduzir a sua estrutura de custos, a diminuição das receitas (em queda pelo quinto ano consecutivo) e a reduzida visibilidade quanto à evolução do enquadramento de mercado, conduziu a uma revisão em baixa das nossas estimativas", acrescenta a analista Helena Barbosa.

 

"Os principais riscos para as nossas previsões continuam a estar relacionados com uma possível deterioração dos proveitos de publicidade e de circulação; por outro lado uma surpresa positiva poderá ocorrer caso haja uma recuperação do mercado superior à esperada, na medida em que a empresa beneficia de uma elevada eficiência operacional", adianta a mesma fonte.

 

As acções da Cofina ainda não negociaram esta terça-feira, tendo encerrado a última sessão a valer 44,5 cêntimos. 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 

Ver comentários
Saber mais Cofina research CaixaBI Paulo Fernandes
Outras Notícias