Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dresdner aconselha investidores a comprar acções da PT após últimas quedas

As acções da Portugal Telecom registam uma queda superior a 5% desde o início de Julho e nas últimas quatro sessões fecharam sempre a descer, pelo que o Dresdner Kleinwort Wasserstein aconselhou hoje os seus clientes a comprarem acções da empresa. O banco

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 05 de Agosto de 2004 às 11:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções da Portugal Telecom registam uma queda superior a 5% desde o início de Julho e nas últimas quatro sessões fecharam sempre a descer, pelo que o Dresdner Kleinwort Wasserstein aconselhou hoje os seus clientes a comprarem acções da empresa. O banco alemão tem uma recomendação de «comprar» e um preço alvo de 11,40 euros.

Na nota diária sobre as acções europeias, o Dresdner diz que «fraca» performance actual das acções da Portugal Telecom, constituem uma boa «oportunidade de compra».

Nas últimas quatro sessões os títulos da empresa fecharam sempre em queda, acumulando uma desvalorização de 2,7%. Desde o início do ano as acções valorizam 5,14%, mas desde o início de Julho a queda é de 5,41%.

Na nota de hoje o Dresdner afirma que a PT gera 25% das suas vendas no Brasil, mas não tem reflectido no seu preço os «fortes indicadores económicos» que foram divulgados na maior economia da América Latina.

O conclui que os títulos da empresa «apresentaram uma performance (medida em euros) 36% inferior ao Bovespa desde meados de Maio», mas no passado estes têm acompanhado o mercado de acções brasileiro.

Para justificar o conselho de comprar acções da PT, o Dresner diz ainda que a economia portuguesa está a recuperar da recessão e as operadoras móveis rivais – Vodafone e Optimus – apresentaram subidas homólogas muito fortes no ARPU (receita média mensal por cliente) no segundo trimestre.

Para a PT o Dresdner estima uma queda de 2% no ARPU, mas acredita que a empresa pode superar esta previsão.

As acções da Portugal Telecom valorizavam 0,96% para os 8,39 euros, com o preço-alvo do Dresdner a representar um potencial de valorização de 36%.

Ver comentários
Outras Notícias