Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Estimativas para a pasta e papel com impacto “positivo” na Altri e Portucel

As novas estimativas para os preços da pasta e papel anunciadas por um dos "players" do sector, a brasileira VCP, têm um impacto "positivo" na Altri e na Portucel, segundo o BPI, uma vez que estas previsões "são mais fortes do que as que tínhamos incorpor

Paulo Moutinho 21 de Dezembro de 2006 às 11:50
  • Partilhar artigo
  • ...

As novas estimativas para os preços da pasta e papel anunciadas por um dos "players" do sector, a brasileira VCP, têm um impacto "positivo" na Altri e na Portucel, segundo o BPI, uma vez que estas previsões "são mais fortes do que as que tínhamos incorporado nas nossas estimativas".

A VCP, quarto maior "player" do mundo no sector da pasta e papel, prevê que os preços médios do BEKP ("bleached eucalyptus kfrat pulp"), em dólares, se mantenham 9% acima face ao ano passado.

Para 2007, a companhia brasileira estima que os preços médios sejam similares aos deste ano, dado que a procura global irá absorver o aumento da capacidade de produção na América Latina.

Para os analistas do BPI, estas novas previsões da VCP deverão ter um impacto "positivo" na Altri e na Portucel, dado que o "outlook" da companhia brasileira é "mais elevado do que o que tínhamos incorporado nas nossas estimativas".

O banco de investimento refere que, no global, estas previsões "reforçam a forte perspectiva da indústria da pasta" e "sinalizam que os preços deverão manter-se elevados durante o próximo ano".

O BPI manteve inalterada a sua recomendação de "comprar" para a Portucel e de "manter" para a Altri, bem como os preços-alvo de 2,75 e 3,45 euros, respectivamente.

Na sessão de hoje, os títulos da Altri [altr] seguiam a desvalorizar 0,26% para os 3,78 euros, enquanto a Portucel [ptcl], que irá passar a integrar o PSI-20 na próxima revisão ordinária do índice, ganhava 0,42% para os 2,38 euros.

Ver comentários
Outras Notícias