Research Ganhos com dívida portuguesa terão levado BPI a atingir lucros 233 milhões em 2012

Ganhos com dívida portuguesa terão levado BPI a atingir lucros 233 milhões em 2012

BPI aumentou a exposição à dívida portuguesa, mas as operações de venda de obrigações realizadas no quarto trimestre terão gerado ganhos de 125 milhões de euros, de acordo com as previsões do CaixaBI.
Ganhos com dívida portuguesa terão levado BPI a atingir lucros 233 milhões em 2012
Nuno Carregueiro 28 de janeiro de 2013 às 10:35

O BPI terá obtido resultados líquidos positivos de 232,7 milhões de euros em 2012, face a prejuízos de 285,1 milhões de euros no ano anterior, de acordo com as previsões do CaixaBI.

 

As estimativas do banco de investimento apontam também para uma recuperação no quarto trimestre, com o banco liderado por Fernando Ulrich a obter lucros de 115,4 milhões de euros nesse período, contra prejuízos de 386,6 milhões de euros nos últimos três meses de 2011.

 

Esta melhoria nas contas do BPI terá ficado a dever-se, em grande parte, à evolução positiva da dívida portuguesa ao longo do ano passado.

 

As projecções do CaixaBI apontam para que o BPI tenha obtido ganhos em operações financeiras no valor de 163,7 milhões de euros no quarto trimestre, sendo que deste valor 125 milhões de euros correspondem ao resultado “da venda de parte da carteira de dívida portuguesa”.

 

Já na totalidade do ano os ganhos com operações financeiras terão ascendido a 385,7 milhões de euros, um montante também fortemente influenciado pelo comportamento da dívida portuguesa, que em 2012 conseguiu uma das melhores prestações no mundo desenvolvido.   

 

Segundo o CaixaBI, a carteira de obrigações de dívida soberana do BPI aumentou de 4,54 mil milhões de euros no quarto trimestre de 2011, para 6,78 mil milhões de euros no final de 2012, sendo que deste total 80,4% corresponde a dívida portuguesa.

 

O CaixaBI acredita que o BPI terá aproveitado parte destes ganhos com dívida portuguesa para reforçar as imparidades de crédito, que no quarto trimestre terão ascendido a 66,3 milhões de euros, em linha com o valor do período homólogo. No conjunto de 2012 as imparidades terão ficado em 279,6 milhões de euros, 31,1% acima do valor de 2012.

 

Quanto aos indicadores operacionais, o CaixaBI projecta que o BPI tenha atingido uma margem financeira de 149,8 milhões de euros no quarto trimestre, o que representa um crescimento homólogo de 12,2% e de 1,2% face aos três meses anteriores. Quanto às comissões, terão baixado 20,3% no quarto trimestre, dado que em 2011 o banco realizou diversas emissões de obrigações de cotadas no mercado de retalho, que não se repetiram o ano passado. no conjunto de 2012 as comissões terão subido 12,3% para 333,5 milhões de euros.

 

O CaixaBI estima que o rácio core tier one do BPI tenha subido pela 9,7%, pelo que

Continuamos a entender que o reembolso antecipado das obrigações “CoCo” continua a ser uma das principais prioridades do management do BPI
 
CaixaBI

deverá aproveitar para voltar a reembolsar parte dos CoCos (instrumentos financeiros contingentes e convertíveis) subscritos pelo Estado.

 

“Sempre que o rácio de capital exceda os 9,2% (EBA), o BPI tenciona solicitar autorização para proceder ao reembolso antecipado destes instrumentos, o que acreditamos que volte a acontecer nesta apresentação de resultados”, refere o analista André Rodrigues na nota de “research” publicada esta manhã.

 

Acrescenta que o CaixaBI continua “a entender que o reembolso antecipado das obrigações ‘CoCos’ continua a ser uma das principais prioridades do management do BPI”.

 

O BPI, que apresenta resultados na quarta-feira depois do fecho da sessão, segue em bolsa a desvalorizar 0,31% para 1,28 euros.  O CaixaBI recomenda "acumular" para as acções do BPI, com um preço-alvo de 1,05 euros, abaixo da actual cotação.

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de “research” emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de “research” na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 




Marketing Automation certified by E-GOI