Bolsa BCP valoriza com possível entrada de Isabel dos Santos

BCP valoriza com possível entrada de Isabel dos Santos

As acções do banco liderado por Nuno Amado estão a negociar em alta nesta sessão, beneficiando da possível entrada de Isabel dos Santos no capital do banco. Algo que o Haitong duvida que aconteça no curto prazo, antecipando que a empresária angolana deverá comprar a posição do BPI no BFA.
BCP valoriza com possível entrada de Isabel dos Santos
Miguel Baltazar
André Tanque Jesus 21 de março de 2016 às 10:15

As negociações entre a Santoro de Isabel dos Santos e o Caixabank continuam na sombra. Mas possíveis detalhes do acordo têm vindo a público, entre os quais, avançou o Expresso, a possibilidade de a empresária angolana estar a preparar a entrada directa no capital do BCP. No entanto, o Haitong duvida, explicando que a liquidez obtida com a venda da posição no BPI deverá ser utilizada no BFA (banco angolano).

Certo é que as acções do banco liderado por Nuno Amado estão a beneficiar das notícias. Os títulos sobem 3,77% para 4,65 cêntimos, tendo chegado a valorizar um máximo de 4,88%. Isto numa manhã em que já negociaram mais de 222 milhões de acções, um valor próximo da média diária de 312 milhões. Também em alta esta sessão está o BPI, cujos títulos avançam 1,32% para 1,305 euros.

Segundo o Expresso, Isabel dos Santos continua a preparar a saída do BPI, mas não do sector financeiro em Portugal, estando a estudar a hipótese de se tornar accionista do BCP, após concluído o acordo para vender a sua posição no BPI ao espanhol CaixaBank.

"Duvidamos que irá reinvestir a maioria dos recursos obtidos com a provável venda da sua posição no BPI", aponta o Haitong. Isto porque, defendem os analistas Carlos Cobo e Juan Carlos Calvo, "provavelmente utilizará os recursos para comprar a posição do BPI na subsidiária angolana BFA". E reconhecem que, "apesar de poder ter um interesse real em manter uma posição substancial no BCP, esta poderá também ser aumentada gradualmente no médio prazo".

Relativamente à possível entrada de Isabel dos Santos no capital do BCP, o Haitong salienta ainda a "luz verde" que terá sido dada por António Costa, conforme noticiou o Expresso. Mas relembra que a empresária também "precisará da aprovação do banco central". Além disso, concluem os analistas, "também estaríamos interessados em saber se Isabel dos Santos está a planear comprar novas acções no mercado, ou parte da actual posição de 18% que a Sonangol tem no BCP".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI