Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Impresa surpreende com desempenho operacional melhor do que esperado

Os resultados da Impresa têm um impacto "positivo", com o seu desempenho operacional a surpreender os analistas do BPI Equity Research, "principalmente devido ao desempenho da Divisão de Televisão". O CaixaBI subiu a recomendação para "manter",

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 12 de Março de 2010 às 09:05
  • Partilhar artigo
  • ...
Os resultados da Impresa têm um impacto “positivo”, com o seu desempenho operacional a surpreender os analistas do BPI Equity Research, “principalmente devido ao desempenho da divisão de televisão”.

A Impresa apresentou lucros de 7,8 milhões de euros em 2009, a beneficiar de uma queda de 25% dos custos operacionais, em termos homólogos, que compensou a descida “ligeira” das receitas consolidadas.

Pela positiva os analistas do banco de investimento destacam as receitas da unidade de televisão, que ficaram 5% acima das suas estimativas, bem como as receitas com publicações, que ultrapassaram as estimativas em 4%, com o crescimento do item “outras receitas”, a compensar largamente o pior desempenho das receitas de publicidade (4% abaixo do estimado) e circulação (5% abaixo do previsto).

“A Impresa mostrou capacidade de gerar um forte ‘cash flow’”, o que juntamente com uma boa gestão do capital circulante contribuiu para uma redução da dívida maior do que esperado pelos analistas.

No seguimento da apresentação dos resultados da cotada liderada por Francisco Pinto Balsemão, o Caixa BI subiu a sua recomendação para as acções, para “manter” de “vender”. O preço-alvo é de 1,5 euros.

“Num ano particularmente difícil, a Impresa conseguiu apresentar uma recuperação das margens devido a um plano agressivo de corte de custos”, diz o Caixa BI na sua nota de investimento de hoje. “Antecipamos que 2010 seja ainda um ano difícil, mas a performance do 4T09 aponta para alguma recuperação. Desde o nosso ultimo ‘update’, o preço da acção caiu cerca de 25% pelo que fazemos o “upgrade” da nossa recomendação de Sell [vender] para Hold [manter]”.

As acções da Impresa descem 0,66% para 1,5 euros.



Ver comentários
Outras Notícias