Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

JPMorgan admite rever estimativas para o BPI após "fracos" resultados

A JPMorgan classifica de "fracos" o conjunto de resultados do primeiro trimestre apresentados ontem pelo BPI, acrescentando que poderá vir a rever em baixa as suas estimativas para o banco liderado por Fernando Ulrich.

Paulo Moutinho 23 de Abril de 2008 às 12:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A JPMorgan classifica de "fracos" o conjunto de resultados do primeiro trimestre apresentados ontem pelo BPI, acrescentando que poderá vir a rever em baixa as suas estimativas para o banco liderado por Fernando Ulrich.

Os lucros de 75 milhões de euros ficaram 2% abaixo das nossas estimativas, enquanto os resultados operacionais de 139 milhões superaram em 9% as nossas previsões", impulsionados por um aumento nas receitas de negociação, essencialmente por um ganho não explicado de 37 milhões", refere a JPMorgan numa nota de investimento.

O banco dá nota negativa também ao facto dos números apresentados pelo BPI terem sofrido um impacto de 23 milhões com perdas em SIV’s, o "que provocou um aumento das provisões e que é a principal razão por detrás dos lucros aquém do esperado", destaca o analista Ignacio Cerezo Olmos.

"O ganho não explicado de 37 milhões em receitas de negociação" contribuiu positivamente para o desempenho das actividades domésticas, sendo que, "num registo mais conservador, as tendências globais foram fracas e poderá levar-nos a revisitar as nossas estimativas".

Em termos internacionais, o BPI apresentou lucros que superaram as previsões da JPMorgan, apesar de não o ter conseguido ao nível dos resultados operacionais.

A casa de investimento manteve a recomendação de "neutral" para o BPI [bpin]. As acções do banco seguiam a perder 2,65% para cotar nos 3,49 euros.

Outras Notícias