Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

JPMorgan corta preço-alvo do BES para 55 cêntimos após resultados “muito fracos”

Banco norte-americano baixa recomendação para “underweight” e corta preço-alvo para 55 cêntimos – pressupondo potencial de queda de 37% – na sequência dos resultados “decepcionantes” apresentados pelo banco.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 08 de Maio de 2013 às 11:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • 34
  • ...

O JPMorgan baixou a recomendação de “neutral” para “underweight”, “depois dos resultados trimestrais decepcionantes do banco e depois de a acção ter subido 33% desde o início de Março”, escreve o analista Jaime Becerill em nota a que o Negócios teve acesso.

 

O preço-alvo caiu de 1,03 euros para 55 cêntimos.

 

“A evolução fraca das receitas do banco representa, na nossa opinião, um grande desafio para a sua rentabilidade e antevemos alguma realização de mais-valias [por parte dos investidores que beneficiaram da subida recente das acções]”, diz o banco norte-americano, acrescentado que “vemos outras oportunidades mais atractivas no sector”.

 

As “oportunidades mais atractivas” não estão em Portugal, já que o JPMorgan diz que “o BES é o único banco atractivo para apostar numa recuperação de Portugal”.

 

O analista considera os resultados apresentados pelo BES “muito fracos, que sinalizam um panorama difícil para o futuro”. Em particular, o JPMorgan destaca a queda de 36% das receitas, devido à deterioração do valor de activos, e a indicação de que “as operações internacionais ainda não estão a produzir os resultados esperados”.

 

“O cenário para 2013 parece difícil, no melhor dos casos, e consideramos as expectativas do mercado demasiado elevadas para esta acção”, acrescenta o banco, que espera que vários bancos de investimento imitem o JPMorgan na redução do preço-alvo e da recomendação para o BES.

 

As acções do BES estão a cair 3,9% para 88,7 cêntimos.

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de “research” emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de “research” na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

Ver comentários
Saber mais JPMorgan BES research
Mais lidas
Outras Notícias