Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lisbon Brokers estima queda de 11% nos lucros da Portugal Telecom

A Lisbon Brokers prevê que a Portugal Telecom (PT) lucre 155 milhões de euros nos primeiros três meses de 2006, o que significa uma queda de 11,1%. As contas da operadora serão desvendadas a 16 de Maio. Para a PT Multimédia, o analista John dos Santos aum

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 03 de Maio de 2006 às 13:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Lisbon Brokers prevê que a Portugal Telecom (PT) lucre 155 milhões de euros nos primeiros três meses de 2006, o que significa uma queda de 11,1%. As contas da operadora serão desvendadas a 16 de Maio. Para a PT Multimédia, o analista John dos Santos aumentou a recomendação para «comprar».

Numa nota de antevisão aos resultados da Portugal Telecom (PTC) [PTC], a Lisbon Brokers está a contar com uma quebra nos lucros de 11,1% face ao período homólogo de 2005, para os 155 milhões de euros.

As contas da PT deverão ser desvendadas no próximo dia 16 de Maio. A justificar a quebra estimada, o analista John dos Santos cita «o fraco desempenho das suas unidades móveis».

O EBITDA (resultados antes dos juros, impostos, amortizações / depreciações) do grupo deverá ter caído 6,1% em termos homólogos para os 575,7 milhões de euros, com uma queda de 9,1% em termos homólogos no EBITDA da TMN, a unidade de telecomunicações móveis do grupo.

Segundo a Lisbon Brokers, e referindo-se à TMN, a queda das taxas de interligação tive um impacto no três primeiros meses de 2006, enquanto que em 2005 só afectou o mês de Março.

«Prevemos uma melhor tendência na TMN já a partir do segundo trimestre deste ano, com uma melhor base comparável», diz John dos Santos.

A casa de investimento reiterou a recomendação de «comprar» para os títulos da PT, sugerindo um preço-alvo de 11,70 por acção.

Por outro lado, «e dada a fraca performance dos seus títulos», a Lisbon aumentou a recomendação na PT Multimédia (PTM) [PTM] para «comprar» de «manter», com um «target» de 11,00 euros por acção, «a indiciar um potencial de valorização de 14% face ao último fecho de mercado».

As acções da PT negociavam inalteradas nos 10,05 euros, e a PTM subia 2,49% para os 9,89 euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias