Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Melhoria de perspectiva para a dívida da PT "deve ser bem recebida pelo mercado"

A melhoria de perspectiva para a dívida da Portugal Telecom (PT) deverá ser bem recebida pelo mercado, pois juntamente com os recentes comentários do director financeiro da companhia, devem ajudar a "acalmar os receios dos investidores em torno da estrutura financeira da PT". Esta é a opinião dos analistas da Espírito Santo Research (ESR).

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 09 de Fevereiro de 2009 às 11:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A melhoria de perspectiva para a dívida da Portugal Telecom (PT) deverá ser bem recebida pelo mercado, pois juntamente com os recentes comentários do director financeiro da companhia, devem ajudar a “acalmar os receios dos investidores em torno da estrutura financeira da PT”. Esta é a opinião dos analistas da Espírito Santo Research (ESR).

A agência de notação financeira Fitch Ratings melhorou, na passada sexta-feira, o “outlook” da dívida da Portugal Telecom, de negativo para estável, tendo reiterado o “rating” de BBB. Esta melhoria reflecte a estabilização das operações domésticas da operadora, sobretudo a menor perda de receitas do fixo.

A equipa de analistas da ESR tem uma opinião “ligeiramente positiva” quanto a esta notícia. “Dada a elevada alavancagem da PT em comparação com os seus pares europeus, [esta melhoria] deve ser bem recebida pelo mercado, o que juntamente com os recentes comentários do director financeiro da empresa, Luis Pacheco de Melo, de que todas as necessidades de refinanciamento para 2009 estão asseguradas, devem acalmar os receios dos investidores em torno da estrutura financeira da PT”, avança o ESR.

A equipa de “research” deste banco de investimento atribui uma recomendação de “comprar” à empresa liderada por Zeinal Bava. O preço-alvo é de 7,30 euros.

Já o BPI destaca, no “Iberian Daily” de hoje, que esta notícia deverá ter um impacto “positivo” para a operadora de telecomunicações nacional.

A avaliação para as acções da PT atribuída pelo BPI é de 7,05 euros, enquanto a recomendação é de “comprar”.

As acções da empresa seguiam a desvalorizar 0,75% para os 6,362 euros.



Ver comentários
Outras Notícias