Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Millennium bcpi revê em baixa "target" da Cimpor após divulgação de resultados

O Millennium bcpi reviu em baixa o preço-alvo das acções da Cimpor para 6,25 euros, depois da cimenteira ter ontem divulgado resultados que superaram as estimativas do mercado. O CaixaBI destaca a "forte performance" operacional da empresa.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 27 de Agosto de 2009 às 10:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Millennium bcpi reviu em baixa o preço-alvo das acções da Cimpor para 6,25 euros, depois da cimenteira ter ontem divulgado resultados que superaram as estimativas do mercado. O CaixaBI destaca a "forte performance" operacional da empresa.

O novo ‘target’ representa uma descida de 0,7% face ao anterior, de 6,30 euros por acção mas atribui um potencial de valorização de mais de 20% aos títulos, face ao valor a que fecharam ontem. A recomendação é de “compra”.

A Cimpor anunciou ontem que obteve resultados líquidos de 107,1 milhões de euros, no conjunto dos primeiros seis meses, um valor idêntico ao apresentado no primeiro semestre de 2008. Já no segundo trimestre os lucros subiram 12,8%. Na apresentação dos resultados semestrais, o grupo anunciou ainda um aumento do volume de negócios em 1,1% para os 1.023 milhões de euros entre Janeiro e Junho.

Já o “cash flow” operacional (EBITDA) subiu 6,8% neste período para os 298 milhões de euros.

Numa nota de research, a casa de investimento explica que alterou as suas estimativas com base no volume de vendas e EBITDA. “A nossa revisão dos dados operacionais resultou num aumento do valor da empresa (EV)”, sublinha a mesma fonte.

Já o CaixaBI realça o facto dos resultados terem ficado em linha com as suas estimativas e acima do consenso do mercado e de, no segundo trimestre, a margem da empresa ter ultrapassado os 30% “apesar da redução com os custos com combustível ainda não se reflectir na margem (a empresa ainda tinha stocks do final do ano transacto)”.

As acções da Cimpor seguem a valorizar 0,17% para os 5,20 euros, mas já subiram 1,52% esta manhã.

Ver comentários
Outras Notícias