Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Millennium IB corta preço-alvo da Sonae Indústria em 35%

Mesmo com redução das estimativas, aumento da taxa de desconto e actualização do preço-alvo a ditarem um corte de 1,05 euros na avaliação, a recomendação continua a ser de "comprar" títulos da Sonae Indústria.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 19 de Outubro de 2011 às 12:32
O preço-alvo do Millennium IB para a Sonae Indústria recuou de 3,00 euros para 1,95 euros. A penalizar a avaliação está a redução da estimativa para a margem do EBITDA da Sonae Indústria, bem como do seu crescimento das vendas, refere a nota de análise assinada pelo analista João Mateus.

Além disso, foi revisto em alta o custo ponderado do capital, que incorpora a subida do prémio exigido pelos investidores para deter dívidas soberanas, o que mais do que compensou a redução da taxa de juro sem risco associada às obrigações alemãs, refere a nota de análise. Estas alterações são responsáveis por 0,10 euros da redução da avaliação, salienta o “research” do Millennium IB.

“A Sonae Indústria não deverá pagar quaisquer dividendos até 2015 e só poderá atingir um rácio de dívida de líquida equivalente a três vezes o EBITDA partir de 2016”, projecta o banco de investimento.

“Depois do sucesso comprovado que foi a reestruturação financeira e operacional, acreditamos que um aumento de capital iria, contribuir significativamente para reduzir o risco” relativo ao endividamento, sugere ainda o analista.

As acções da Sonae Indústria negoceiam inalteradas nos 0,79 euros por acção e o preço-alvo do Millennium IB confere-lhe um potencial de valorização de 146,8%.

Ver comentários
Saber mais Sonae Indústria bolsa mercados aglomerado madeira WACC
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio