Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moody's corta «rating» da Ericsson para «junk»; acções deslizam 25%

As acções da Ericsson atingiram uma desvalorização de 25% após a Moody's ter cortado o «rating» da dívida da Ericsson para «junk», alertando que pode efectuar ainda mais cortes.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 26 de Julho de 2002 às 15:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções da Ericsson atingiram uma desvalorização de 25% após a Moody"s ter cortado o «rating» da dívida da Ericsson para «junk», alertando que pode efectuar ainda mais cortes.

A Moody"s baixou a classificação da dívida de longo prazo da empresa de telecomunicações sueca de Baa3 para Ba1.

«Junk» é dos níveis mais baixos da classificação das dívidas das empresas pelas agências de «rating». Quanto mais baixo for este «rating», mais elevado o montante de juros a pagar pela dívida.

As acções da empresa que é a maior produtora de redes de telecomunicações do mundo atingiram uma quebra de 25%, em reacção a este «downgrade», atingindo um mínimo desde 1993.

A Ericsson na semana passada anunciou que iria realizar um aumento de capital de 3,3 mil milhões de euros, a preços de 1992.

Os bancos que vão subscrever o aumento de capital podem abandonar a operação se o «rating» da empresa for revisto em baixa mais três níveis.

As obrigações emitidas pela Ericsson com vencimento em 2006 caíram para 68% do seu valor facial, percentagem que compara com os 76% de ontem.

Outras agências de «rating», como a S&P, também já alertaram que podem vir a baixar ainda mais a classificação da dívida da empresa.

A Ericsson seguia com uma queda mais contida de 13,54%.

Ver comentários
Outras Notícias