Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Parceria com a Maersk permite internacionalização da Mota-Engil

O BPI considera "potencialmente positivo" para a Mota-Engil uma eventual parceira com a Maersk para a gestão dos portos, uma vez que dessa forma a empresa liderada por António Mota poderia expandir-se a nível internacional.

Paulo Moutinho 23 de Fevereiro de 2007 às 11:41
  • Partilhar artigo
  • ...

O BPI considera "potencialmente positivo" para a Mota-Engil uma eventual parceria com a Maersk para a gestão dos portos, uma vez que dessa forma a empresa liderada por António Mota poderia expandir-se a nível internacional.

A Mota-Engil e a empresa dinamarquesa estão a desenvolver contactos no sentido de virem a estabelecer uma parceria para operarem conjuntamente em portos nacionais e estrangeiros.

Do ponto de vista estratégico, esta possível parceria com a Maersk, o principal armador a nível mundial e um dos líderes em termos de movimentações de cargas de contentores, "é potencialmente positiva" para a empresa nacional, defendem os analistas do BPI.

O banco de investimento recorda que com a OPA lançada sobre a Tertir a Mota-Engil passou a controlar a gestão de dois terminais em Lisboa (Alcântara e Santa Apolónia) e de outros dois em Setúbal.

"Para a Mota-Engil esta parceria poderá ser positiva para produzir sinergias e permitir à empresa expandir o seu negócio a nível internacional", conclui o banco de investimento.

O BPI manteve a sua recomendação de "acumular", bem como o preço-alvo de 5,75 euros. Na negociação de hoje, os títulos da Mota-Engil [egl] seguem estáveis nos 6,08 euros.

Ver comentários
Outras Notícias