Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Poço seco na Namíbia tem impacto “neutral” na avaliação da Galp Energia

Os analistas comentaram o resultado da exploração do poço na Namíbia em que a Galp Energia tem uma participação de 14% e comentam que o facto de o poço estar seco não os surpreende pela negativa.

Bloomberg
Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 10 de Setembro de 2013 às 11:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A Galp Energia anunciou esta terça-feira que o terceiro poço da exploração no “offshore” da República da Namíbia, o Moosehead-1, “foi considerado um poço seco”, estando a ser “fechado e abandonado.”

 

Para os analistas do BES Investimento (BESI), as expectativas para este poço “eram muito baixas depois dos resultados negativos em Wingat e Murombe”, lê-se na nota de comentário publicada no documento de análise diário do banco Iberian Daily.

 

O impacto da notícia é limitado pelas expectativas contidas dos analistas para a região. “Em termos de avaliação, o impacto potencial no nosso justo valor [para as acções] de retirar todo o valor [aos projectos] da Namíbia é negativo em dois cêntimos por acção”, acrescenta a nota desta manhã. Para já, o impacto é "neutral".

 

O BPI também afirma que a notícia é “neutral a negativa”, esclarecendo também que “as expectativas já eram baixas” e que “estamos a atribuir um valor negativo à [operação] na Namíbia devido às despesas de exploração.” Até que sejam conhecidos os próximos custos e passos nesta exploração, o mercado estará “mais focado na produção no Brasil”.

 

As acções da Galp Energia negoceiam quase inalteradas ao recuarem 0,04% para 13,21 euros. O BPI avalia os títulos em 18,45 euros e recomenda “comprar” e inclui a cotada na lista de preferidas, graças ao potencial de valorização de 39,7%. O BESI atribui um preço-alvo de 16,5 euros às acções, o que lhe confere um potencial de 24,9%, o que também justifica a recomendação de “comprar”.

 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de “research” emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de “research” na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.

Ver comentários
Saber mais Galp Energia petróleo Namíbia
Outras Notícias