Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Resultados da Inapa mostram o "bom processo de reestruturação da empresa"

Os resultados apresentados pela Inapa agradaram aos analistas do BPI e do CaixaBI, que destacam o bom processo de reestruturação da empresa.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 04 de Agosto de 2008 às 11:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

Os resultados apresentados pela Inapa agradaram aos analistas do BPI e do CaixaBI, que destacam o bom processo de reestruturação da empresa.

A Inapa anunciou que nos primeiros seis meses do ano obteve um lucro de um milhão de euros. Um resultado que espelha a redução de custos operacionais e o um aumento de rendimentos operacionais. O resultado líquido do primeiro semestre compara com um prejuízo de 6,6 milhões de euros verificados em igual período do ano passado, de acordo com um comunicado emitido pela empresa através da CMVM.

No Iberian Daily do BPI, os analistas explicam que o impacto vai de neutro a positivo “uma vez que a Inapa apresentou um desempenho operacional melhor do que o esperado, que espelhou um bom processo de reestruturação, numa altura de elevados custos de transporte”.

Numa nota de “research”, também a analista Teresa Caldeira, do CaixaBI, sublinha que os resultados da Inapa “traduzem o esforço da empresa na melhoria da performance operacional, apesar da deterioração dos custos de distribuição, e são o espelho do processo de reestruturação da empresa”.

“Não obstante, consideramos que a dívida continua a assumir valores muito expressivos, e que poderá condicionar a performance da empresa”, acrescenta o CaixaBI.

Pela negativa, os analistas do BPI afirmam que vão manter as suas estimativas para a empresa, porque estão cada vez mais preocupados com as previsões para o sector do papel a nível europeu.

Entretanto, mantêm uma visão positiva para as acções, depois da apresentação dos resultados.

O BPI tem uma recomendação de “comprar” com um preço-alvo de 1,10 euros para as acções da Inapa. Também o CaixaBI recomenda “comprar”, com um target de 1,35 euros.

Ver comentários
Outras Notícias