Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Resultados da REN não serão catalisadores para ganhos das acções em bolsa

A Redes Energéticas Nacionais (REN) revelou ontem os resultados dos primeiros seis meses, revelando lucros de 83 milhões de euros, um número que ficou aquém das estimativas do BPI. A par do CaixaBI, o banco de investimento salienta que as contas semestrais não deverão ser um catalisador para as acções da empresa.

Paulo Moutinho 30 de Julho de 2008 às 09:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...
A Redes Energéticas Nacionais (REN) revelou ontem os resultados dos primeiros seis meses, revelando lucros de 83 milhões de euros, um número que ficou aquém das estimativas do BPI. A par do CaixaBI, o banco de investimento salienta que as contas semestrais não deverão ser um catalisador para as acções da empresa.

“Acreditamos que este conjunto de resultados não deverá encorpar um catalisador chave para o desempenho das acções” da REN, afirma a equipa de “research” do BPI para quem os números revelados ontem têm um impacto “neutral”, ainda que os lucros tenham “ficado abaixo das estimativas”.

A REN revelou resultados líquidos de 83 milhões, um aumento de 11% face ao mesmo período do ano passado, influenciado “pela contabilização de ganhos extraordinários relacionados com o pagamento do défice tarifário, que já tinha sido anunciado pela empresa”, escreve o BPI.

“Estes resultados não deverão constituir um ‘trigger’ para o preço da acção”, segundo o CaixaBI. “Na nossa opinião a atenção dos investidores está sobretudo focada numa possível alteração positiva do modelo de regulação”, sobre o qual o BPI espera mais informações “na conferência com analistas que terá lugar amanhã”.

A analista Helena Barbosa, do CaixaBI, prevê que sejam conhecidos mais detalhes sobre o modelo de regulação “a 15 de Outubro, altura em que a ERSE divulga a sua proposta para o período regulatório de 2009-2010”.

“A nossa avaliação já inclui o aumento da remuneração dos activos da electricidade de 7% para 8%”, salienta o banco de investimento que tem um preço-alvo de 3,60 euros para a REN e uma recomendação de “manter”. O BPI recomenda “acumular” e atribui um preço-alvo de 3,45 euros. As acções estão a cair 0,52% para 2,875 euros.

Ver comentários
Outras Notícias