Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida nas tarifas da PT representa melhoria de 1,6% no EPS de 2003

A subida de 3% nas tarifas da TMN, em vigor a partir de quinta-feira, deverá ter um impacto positivo nos lucros por acção (EPS) da PT em 2003 e 2004 de 1,6% e 2%, respectivamente, diz o Santander.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 28 de Abril de 2003 às 11:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A subida de 3% nas tarifas da TMN, em vigor a partir de quinta-feira, deverá ter um impacto positivo nos lucros por acção (EPS) da PT em 2003 e 2004 de 1,6% e 2%, respectivamente, diz o Santander.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] anunciou na quinta-feira passada que a Telecomunicações Móveis Nacionais (TMN) vai aumentar os preços dos seus serviços aproximadamente em 3% a partir de 1 de Maio.

Num comunicado a PT, que controla 100% da TMN, afirma que «os preços do SMS irão sofrer actualizações entre 2,4% a 3%, mas os restantes serviços de dados, nomeadamente os serviços WAP, GPRS e MMS não irão registar qualquer alteração».

Numa nota diária de sexta-feira, o Santander cujo modelo de avaliação incorpora um crescimento plano das tarifas, diz que este primeiro aumento em Portugal nas tarifas móveis representa uma «boa notícia».

O banco espanhol tem uma recomendação de «compra» para a PT, e um preço alvo de 8,10 euros. A TMN representa 39% do «target» avançado pelo Santander.

Numa nota a clientes, datada de hoje, o BPI comentando a possibilidade da Vodafone Telecel [TLE] e da Optimus da SonaeCom [SNC] também aumentarem as tarifas diz que, «os três operadores, devem começar a ter um comportamento "amigável", de forma a poderem competir num mercado saturado» e com elevada taxa de penetração.

As acções da PT caíam 1,52% para 6,49 euros, no dia em que a operadora inicia a negociação sob a forma de «ex-dividendos».

Ver comentários
Outras Notícias