Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UBS revê estimativas e sobe avaliação da Mota-Engil para 5,00 euros

O UBS actualizou as estimativas para a Mota-Engil, em alta, e aumentou a avaliação atribuída às acções da construtora liderada por Jorge Coelho para 5,00 euros. Dado o potencial de subida, face à cotação actual, o banco de investimento continua a recomendar "comprar".

Paulo Moutinho 27 de Outubro de 2009 às 09:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O UBS actualizou as estimativas para a Mota-Engil, em alta, e aumentou a avaliação atribuída às acções da construtora liderada por Jorge Coelho para 5,00 euros. Dado o potencial de subida, face à cotação actual, o banco de investimento continua a recomendar “comprar”.

“Revimos em alta as nossas previsões para a Mota-Engil tendo em conta o crescimento no negócio das concessões em Portugal”, e também “a solidez do negócio da construção e as oportunidades para aumentar a carteira de encomendas”, refere o “research” do UBS, emitido hoje.


Além destes dois factores, nesta nota de investimento a que o Negócios teve acesso, o analista Bosco Ojeda justifica a revisão também com o facto das “despesas financeiras estarem abaixo do esperado”, já que parte da dívida da Mota-Engil está a beneficiar do baixo nível das Euribor.

Assim, as estimativas para o EBITDA foram revistas em alta de 2% a 3% para 2009 e 2011, refere o UBS, que espera igualmente “que os números da Mota-Engil para 2010 sejam sólidos”.

Neste sentido, ou seja, na perspectiva de maiores lucros, e também tendo em conta a actualização da avaliação para 2010, o “target” passou dos 4,00 euros para 5,00 euros, o que confere aos títulos um potencial de subida de 20%. As acções da Mota-Engil estão a negociar nos 4,165 euros, a perder 0,83%.



Ver comentários
Outras Notícias