Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UBS sobe preço-alvo da Altri para os 3,20 euros

O banco de investimento UBS aumentou hoje o preço-alvo dos títulos da Altri de 2,70 para os 3,20 euros, mantendo a recomendação de «comprar», o que confere às acções da empresa de pasta e papel um potencial de valorização de 13,8%, face ao fecho da sessão

Paulo Moutinho 03 de Agosto de 2006 às 11:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O banco de investimento UBS aumentou hoje o preço-alvo dos títulos da Altri de 2,70 para os 3,20 euros, mantendo a recomendação de «comprar», o que confere às acções da empresa de pasta e papel um potencial de valorização de 13,8%, face ao fecho da sessão de ontem.

Em nota de «research», o analista Pedro Baptista da UBS refere que a Altri «duplicou o seu ‘equity value’ e a capacidade de produção de pasta de papel com a aquisição da Celbi à Stora Enso».

«A nossa estimativa de cerca de 370 milhões de euros pagos pelo capital da Celbi ficou 25 milhões de euros abaixo da nossa estimativa inicial, o que implica uma revisão de 0,2 euros na nossa avaliação do valor líquido dos activos, que passou dos 3 euros para os 3,2 euros».

Não assumindo agora qualquer desconto de «holding», face aos anteriores 10%, o «UBS chegou ao novo preço-alvo de 3,20 euros para os títulos da Altri, do anterior ‘target’ de 2,70 euros».

Para o banco de investimento, o «management» da Altri tem uma longa história de aquisição de empresas, o que resulta em sinergias significativas com a pasta, a biomassa e os activos florestais. «A Altri detém actualmente 550 milhões de euros de dívida líquida após a aquisição da Celbi (cerca de 5.5 vezes o EBITDA) e pretende atingir 4 vezes o EBITDA até 2010 sem novo capital», refere o UBS.

A Celbi é uma sociedade produtora de pasta branca de eucalipto, com uma capacidade produtiva instalada de 305 mil toneladas por ano que se juntam às 255 mil toneladas de capacidade da Altri, «com a possibilidade de juntar mais 70 mil toneladas sem um investimento significativo, para atingir o «target» de 640 mil toneladas em 2008».

As acções da Altri [altr] seguiam a valorizar 0,71% para os 2,83 euros, tendo chegado a cotar nos 2,88 euros, atingido um novo máximo histórico.

Ver comentários
Outras Notícias