Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas da SAG aumentam 33% em Dezembro com VW a crescer 45%

A Soluções Automóveis Globais comercializou 2.853 automóveis no mês de Dezembro de 2003, mais 33% que no mesmo mês do ano anterior. A Espírito Santo Research afirma que estes dados denotam sinais de recuperação e que o novo VW Golf deverá ter um forte imp

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 07 de Janeiro de 2004 às 09:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Soluções Automóveis Globais comercializou 2.853 automóveis no mês de Dezembro de 2003, mais 33% que no mesmo mês do ano anterior. A Espírito Santo Research afirma que estes dados denotam sinais de recuperação e que o novo VW Golf deverá ter um forte impacto nas vendas do primeiro trimestre.

No último mês do ano passado a SAG vendeu 2.583 automóveis, valor que representa um crescimento homólogo de 33% e de 11,2% face a Novembro. No mesmo período as vendas totais do mercado cresceram 18,4%.

Já na totalidade do ano 2003, segundo a ESR, a SAG comercializou 31.022 automóveis, um valor que representa uma queda de 24,2% contra 2002, acima da verificada no sector.

«Parece claro que o sector automóvel português nos últimos dois meses de Novembro e Dezembro deu sinais de recuperação e que o "fundo" foi deixado para trás», refere a ESR no Iberian Daily de hoje.

2003 foi o pior dos últimos 14 anos para o sector automóvel nacional, com a queda nas vendas globais a ascender a 15,2%.

A ESR explica que a melhoria das vendas da SAG nos últimos meses se deve ao desempenho da marca Volkswagen, mas o impacto do lançamento do novo VW Golf será mais forte no primeiro trimestre deste ano.

«Acreditamos que o impacto positivo do lançamento do novo VW Golf foi ainda pequeno em Dezembro de 2003 e deveremos assistir a um forte impacto no decorrer no primeiro trimestre de 2003», refere a ESR.

Em Dezembro a SAG comercializou 2.1017 automóveis da marca VW, mais 45% que no mesmo mês de 2002. A SAG representa ainda as marcas Audi e Skoda.

As acções da SAG seguiam a descer 1,36% para os 1,45 euros. A ESR tem uma recomendação de «neutral» para a empresa, com um preço alvo de 1,40 euros.

Ver comentários
Outras Notícias