Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Zon e Sonaecom são dois "players" altamente complementares

Os accionistas da Zon Multimedia não estão disponíveis para discutir cenários de consolidação com a Sonaecom, no entanto, uma movimentação nesse sentido seria "potencialmente positiva para ambas", defende o BPI que salienta a complementaridade das duas em

Paulo Moutinho 22 de Abril de 2008 às 11:33

Os accionistas da Zon Multimedia não estão disponíveis para discutir cenários de consolidação com a Sonaecom, no entanto, uma movimentação nesse sentido seria "potencialmente positiva para ambas", defende o BPI que salienta a complementaridade das duas empresas.

Proença de Carvalho, presidente do Conselho de Administração da Zon Multimédia afirmou ontem, à margem da assembleia geral da dona da TV Cabo, que não encontrou nos accionistas da empresa liderada por Rodrigo Costa um ambiente "favorável" a uma fusão com a Sonaecom.

"Vemos a possibilidade da Sonaecom e a Zon Multimedia entrarem em algum tipo de movimento de consolidação como potencialmente positiva para ambas" as empresas, afirma o analista Ricardo Pimentel Seara no Iberian Daily.

O especialista acrescenta que esta "possibilidade poderá fazer sentido, em termos estratégicos, na medida em que os dois ‘players’ são altamente complementares, com uma a ter o que a outra está a perder".

"A Zon tem uma infra-estrutura de rede fixa de âmbito praticamente nacional, com a vantagem do ‘pay-TV’, enquanto a Sonaecom/Optimus tem uma rede de telecomunicações móveis nacional", conclui o BPI.

O banco de investimento continua com uma recomendação de "manter" para a Zon Multimedia, avaliando as acções da empresa em 10,15 euros. Este "target" confere à dona da TV Cabo um potencial de subida de 21,1% face à cotação actual de 8,38 euros. As acções [zon] seguem a valorizar 2,44%.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio