Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro acentua perdas com investidores a reduzirem exposição a activos de maior risco

O facto de ser considerado um activo de refúgio está a elevar a procura pela divisa norte-americana com a instabilidade no Médio Oriente.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 22 de Fevereiro de 2011 às 08:50
As tensões políticas que se têm sentido no Médio Oriente, nomeadamente os últimos confrontos que opuseram manifestantes a favor e contra o líder Kadhafi, na Líbia, estão a levar os investidores à procura de activos de refúgio, ou seja, activos que não sejam tão vulneráveis a factores externos.

O dólar e o iene são duas divisas procuradas como refúgio. “Dadas as tensões que ainda prevalecem no Médio Oriente e no norte de África, provavelmente vamos sentir alguma aversão ao risco. O dólar e o franco suíço devem beneficiar e o euro deve cair”, defendeu à Bloomberg Matthew Brady, da JP Morgan Chase.

É isso mesmo que está a acontecer. Pelo segundo dia consecutivo, o euro perde valor face ao dólar, ao cair 0,97% para 1,3546 dólares. O dólar está mesmo a valorizar perante as 16 maiores congéneres.

Destaque ainda para a divisa da Nova Zelândia. O dólar neozelandês perde contra todas as suas principais pares, após o sismo que afectou a segunda maior cidade do país, Christchurch.

Ver comentários
Saber mais euro dólar Médio Oriente Nova Zelândia
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio