Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro em máximo de 10 meses preocupa Juncker

O presidente do Eurogrupo diz que a apreciação do euro face ao dólar dos EUA levou a moeda para um nível “perigosamente elevado”, com a perspectiva de recuperação da crise orçamental a ameaçar a economia do Velho Continente.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 16 de Janeiro de 2013 às 09:14
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

A moeda única europeia apreciou cerca de 8% face ao dólar, nos últimos seis meses. Esta evolução constitui a mais recente ameaça à economia europeia, que tem vindo a dar sinais de que poderá vir a recuperar da crise orçamental, segundo disse Jean-Claude Juncker (na foto), num encontro com empresários citado pela Bloomberg.

 

Para o presidente do grupo de ministros das Finanças da Zona Euro, o euro está num nível “perigosamente elevado”, disse, referindo a nível cotação de 1,34 dólares do euro, que representa um máximo de Fevereiro do ano passado.

 

“Foi dito, no ano passado, que a Zona Euro está em risco de quebrar e eu disse que isso não ia acontecer”, afirmou Juncker. “A Zona Euro tornou-se mais estável com muitos esforços, alguns dos quais meus. Agora a moeda única está [num nível] perigosamente elevado” face ao dólar, acrescentou.

 

A afirmação está em linha com a convicção demonstrada pelos responsáveis europeus, de que o pior da crise do euro já passou. O presidente da União Europeia, Hermann Van Rompuy disse, a 9 de Janeiro, que “o pior está para trás, particularmente a ameaça à existência do euro”.

 

A apreciação do euro face ao dólar provoca uma perda de competitividade para a economia europeia, já que os países estrangeiros vêem os produtos denominados em dólares tornar-se mais baratos face aos que são produzidos na Europa. O professor na Universidade de Harvard, Martin Feldstein, disse, no dia 5 de Janeiro, que a Zona Euro deveria considerar uma política de depreciação do euro para impulsionar as exportações.

 

“Um euro [com cotação] mais baixa tornaria cada um dos países da região mais competitivo face aos países estrangeiros”, explicou.

 

 

Ver comentários
Saber mais Zona Euro euro moeda única câmbio mercado
Outras Notícias