Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro sobe e negoceia acima de 1,30 dólares

O euro está a negociar acima de 1,30 dólares, ao recuperar parte da sua depreciação face à moeda dos EUA, devido aos receios relacionados com crise orçamental europeia.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 27 de Julho de 2010 às 10:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A moeda única avança 0,10% para 1,3008 dólares, num dia em que o índice da confiança dos consumidores alemães para Agosto subiu para 3,9, de 3,6 em Julho, segundo a sondagem que envolveu 2.000 pessoas e foi conduzida pela firma de estudos de mercado GfK, sedeada em Nuremberga, citada pela Bloomberg. Os economistas anteciparam que o indicador iria permanecer inalterado.

O euro está a acompanhar a subida das acções europeias, com os investidores, mais confiantes no crescimento da economia, a venderam activos de refúgio como o iene e a investir em activos de maior retorno, como activos denominados na moeda europeia.

“O pessimismo excessivo nos Estados Unidos, que diminuiu as expectativas de regresso a uma política monetária menos contraccionista”, disse o analista de divisa júnior ToshiyaYamauchi à Bloomberg. “A tendência é para os câmbios com o iene subirem”.

Assim o euro recupera face ao dólar, depois de a crise orçamental europeia, ter levado os investidores a especularem que a Reserva Federal iria aumentar os juros para a economia norte-americana mais cedo do que o seu congénere europeu.

O governador da Reserva Federal de Filadélfia, Charles Plosser disse que é muito cedo para a Fed aumentar os juros, devido aos ganhos mais lentos do que esperado no crescimento dos Estados Unidos e do emprego.

“O ruído sobre novos esforços para estimular a economia são prematuros nesta altura”, disse Plosser em entrevista à Bloomberg. “Não creio que os dados tenham dado uma indicação suficientemente sólida num sentido ou no outro”, acrescentou.



Ver comentários
Outras Notícias