Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Asmussen: BCE tem que ter cautela na análise a mais cortes nos juros

Membro da comissão executiva da autoridade monetária alerta par ao perigo de fixar os juros em valores muito reduzidos durante muito tempo.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 08 de Maio de 2013 às 09:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

Joerg Asmussen, membro da comissão executiva do Banco Central Europeu, reiterou esta terça-feira que o Banco Central Europeu pode voltar a descer a taxa de juro da Zona Euro se os dados económicos o justificarem, mas deixou um alerta sobre tal possibilidade.

 

O BCE desceu os juros para um mínimo histórico de 0,5% na semana passada “porque os dados económicos o justificaram, e também clarificamos que estamos prontos a agir de novo, se os dados económicos o exigirem”, disse o responsável alemão, citado pela Bloomberg.

 

Contudo, Asmussem ao mesmo tempo que abriu a porta a mais descidas de juros, alertou para os perigos que essa decisão pode acarretar. “Claro que temos que ser cautelosos. Se mantivermos a taxa de juro muito baixas por muito tempo, isso pode ter custos reais”, defendeu.

 

O presidente do BCE tem assinalado nos últimos dias que a autoridade monetária pode voltar a descer os juros se a recessão da Zona Euro se agravar, tendo mesmo admitido colocar a taxa de juro dos depósitos (actualmente em zero) em terreno negativo.

 

Asmussen revelou a noite passada que a decisão de cortar nos juros foi tomada por unanimidade no Conselho de Governadores (que integra os membros da comissão executiva). No BCE “já fizemos muito com medidas convencionais, como o corte de juros, e medidas não convencionais”, como a compra de obrigações soberanas sobre determinadas condições, afirmou Asmussen.

 

 

 

Ver comentários
Saber mais BCE juros Draghi Asmussen
Mais lidas
Outras Notícias