Crédito Bancos emprestaram 943 milhões para compra de casa em outubro

Bancos emprestaram 943 milhões para compra de casa em outubro

A concessão de novo crédito para a compra de casa acelerou em outubro, atingindo os 943 milhões de euros, segundo os dados do Banco de Portugal
Bancos emprestaram 943 milhões para compra de casa em outubro
Sérgio Lemos
Patrícia Abreu 10 de dezembro de 2019 às 11:31

O montante financiado pelos bancos para a compra de casa voltou a aumentar em outubro, com as novas operações a superarem pelo segundo mês os 900 milhões de euros. No acumulado do ano, o setor financeiro emprestou mais de 8.500 milhões de euros em crédito à habitação.


As novas operações de crédito à habitação atingiram, em outubro, os 943 milhões de euros, um valor que supera em 28 milhões os 915 milhões financiados para esta finalidade um mês antes, segundo os dados divulgados esta manhã pelo Banco de Portugal. Contas feitas, nos primeiros dez meses do ano foram financiados 8.522 para a aquisição de habitação.

O crédito à habitação mantém, assim, o ritmo de crescimento registado nos últimos meses, com os bancos a manterem uma forte aposta neste segmento. O aumento do montante financiado tem sido acompanhado por ambiente de forte concorrência e de episódios de cortes de "spreads" pelos principais bancos nacionais.

Desde o início do ano, a maioria dos bancos já reduziu o seu "spread" mínimo. A taxa média mínima cobrada está atualmente em 1,2%.

No segmento de crédito ao consumo, as novas operações também apresentaram uma evolução positiva. Os bancos emprestaram 526 milhões de euros, em outubro, um valor que supera os 462 milhões de euros concedidos em setembro. Já os créditos para outros fins registaram um abrandamento. O montante financiado baixou de 284 milhões de euros, em setembro, para 226 milhões, em outubro.

No total, as entidades bancárias concederam 1.696 em novo crédito às famílias, acima dos 1.661 milhões financiados no mês anterior.

O crédito às empresas também aumentou, em outubro. As novas operações para sociedades não financeiras totalizaram 3.040 milhões de euros, mais 524 milhões de euros que os 2.516 emprestados no mês anterior.

Os empréstimos inferiores a um milhão de euros atingiram 1.620 milhões de euros, face aos 1.480 milhões emprestados em setembro, enquanto as novas operações de crédito direcionadas para grandes empresas, acima de um milhão aumentaram de 1.036 para 1.420 milhões de euros.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI