Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCE anuncia novas medidas de apoio à banca

Banco central vai emprestar aos bancos a três anos, para aliviar pressões de liquidez sobre o sector.

Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 08 de Dezembro de 2011 às 14:43
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
O BCE anunciou hoje várias medidas de apoio à banca, como forma de aliviar pressões de liquidez sobre o sector, procurando garantir que o sistema financeiro concede crédito à economia durante 2012, um ano em que os bancos enfrentarão pressões acrescidas, com novas exigências de capital, e com um montante recorde de obrigações próprias a vencer que terão de ser refinanciadas.

Entre as medidas anunciadas, destaca-se o anúncio de dois empréstimos aos bancos com maturidade de 36 meses, o que nunca tinha acontecido. Mantém-se a regra de ceder liquidez sem limites e a uma taxa de juro fixa (a que resulta da médias das taxas de juro centrais durante a vida dos empréstimos).

O BCE baixou ainda as exigências em termos de qualidade dos colaterais que aceita nos empréstimos que concede aos bancos, uma medida que se aplica especificamente aa activos titularizados (Asset Backed Securities) . Ainda nesta frente, o Eurosistema autoriza os bancos centrais nacionais a aceitar crédito hipotecários como colateral, mas essa opção será feita por sua conta e risco. Finalmente, os rácios de reserva, isto é o dinheiro que os bancos têm de ter depositados no BCE ou em reserva de liquidez nos seus balanços, irá baixar de 2% para 1%.

“As medidas que anunciamos hoje servem para alivar a pressões de financiamento” dos bancos, afirmou, explicando que os bancos continuam a não emprestar uns aos outros, e lembrando que os bancos têm cerca de “230 mil milhões de euros de obrigações bancárias a atingir a maturidade no próximo ano”, acrescentando que “queremos manter o sistema bancários com liquidez”.

Ver comentários
Outras Notícias