Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP paga 70,8 milhões pela utilização da garantia do Estado

BCP vai pagar taxa de 1,348% pela utilização da garantia do Estado, numa emissão de 1,75 mil milhões de euros, que foi hoje autorizada. CGD, BES e Banif já utilizaram a garantia do Estado para emitir 3,25 mil milhões de euros.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 04 de Agosto de 2011 às 11:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
O Governo autorizou o Banco Comercial Português a realizar uma emissão de dívida com garantia do Estado, no montante máximo de 1,75 mil milhões de euros.

A intenção do banco liderado por Carlos Santos Ferreira avançar com esta operação era já conhecida, e pode agora ser concretizada, depois da aprovação ter sido publicada hoje em Diário da República.

“Autorizo a concessão da garantia pessoal do Estado, para cumprimento das obrigações de capital e juros no âmbito do empréstimo obrigacionista a emitir pelo Banco Comercial Português”, refere o despacho assinado pela Secretária de Estado do Tesouro e das Finanças, Maria Luís de Albuquerque.

A governante fixou em 1,348% a taxa que o BCP terá que pagar anualmente pela utilização da garantia. Deste modo, o Estado irá receber 23,6 milhões de euros por ano com esta garantia, num total de 70,8 milhões no acumulado dos três anos.

O despacho adianta que a emissão tem como objectivo “repor e ampliar os níveis de liquidez do Banco e dotá-lo dos meios de financiamento para continuar a assegurar a sua função de concessão de crédito à economia”.

A emissão do BCP terá um prazo de três anos, pagando um cupão equivalente à Euribor 3 meses acrescido do “spread” que será determinado quando a emissão for concretizada.

Até hoje foram já três os bancos portugueses que avançaram com este tipo de emissões, sendo que o “spread” pago foi igual em todas elas: 4,95%.

A Caixa Geral de Depósitos foi a primeira, com a emissão de 1,8 mil milhões de euros. Seguiu-se o BES, com uma emissão de 1,25 mil milhões de euros e o Banif de 200 milhões de euros. Em comissões ao Estado, a CGD pagou uma comissão de 73 milhões de euros.

A unidade de crédito ao consumo do Banif irá colocar dívida nas mesmas condições que a sua casa-mãe, num montante de 25 milhões de euros.

Deste modo, estes três bancos já emitiram 3,25 mil milhões de euros com recurso às garantias do Estado. Quando for concretizada a emissão do BCP, o total subirá para 5 mil milhões de euros.
Ver comentários
Saber mais BCP Garantia do Estado dívida
Outras Notícias