A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Certificados de aforro perdem mais 213 milhões em Fevereiro

Saldo, em apenas dois meses, é já negativo em quase 500 milhões de euros, sendo que o Governo prevê, no Orçamento do Estado para este ano, a saída de 1.500 milhões.

Paulo Moutinho 20 de Março de 2012 às 16:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
De acordo com o Boletim Mensal do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público, revelado hoje, os portugueses voltaram a tirar dinheiro dos certificados de aforro (CA) em Janeiro, embora a um ritmo menor do que em Janeiro.

Foram aplicados, segundo o IGCP, 23 milhões neste produto, menos do que no mês passado. Ao mesmo tempo sai menos dinheiro, 236 milhões de euros, traduzindo-se num saldo negativo de 213 milhões, no total do mês de Janeiro.


Este foi, assim, o 35º mês consecutivo de fuga aos CA, sendo que o ritmo de saída de dinheiro deste produto de poupança abrandou ligeiramente. Em Janeiro tinham sido retirados 246 milhões, enquanto em Dezembro saíram 266 milhões de euros.

A fuga é explicada, em grande parte, pela baixa remuneração oferecida por este produto cuja rendibilidade está dependente da evolução da Euribor a 3 meses. Quem subscrever, este mês, os CA, conta com uma taxa de 1,128%.

A baixa rendibilidade, por comparação com produtos como os depósitos a prazo, levou à saída de mais de 4.000 milhões de euros no ano passado. Este ano, o Governo prevê que os portugueses resgatem mais 1.500 milhões de euros. Em dois meses, já retiraram 459 milhões.
Ver comentários
Saber mais IGCP poupança aforro resgates
Outras Notícias