Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Crédito ao consumo recupera em junho com crescimento de 40%

No conjunto do segundo trimestre o crédito ao consumo atingiu metade dos valores registados nos primeiros três meses deste ano.

Bruno Simão
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 17 de Agosto de 2020 às 11:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O crédito ao consumo regressou em junho a valores superiores a 400 milhões de euros, o que traduz uma recuperação acentuada face ao mês anterior, mas encontra-se ainda substancialmente abaixo do registado em junho do ano passado.

De acordo com o Banco de Portugal, o montante dos novos contratos de crédito ao consumo ascendeu a 420,3 milhões de euros no mês de junho. Depois de dois meses abaixo dos 300 milhões, o registo de junho representa um aumento de 40,4% face a maio e uma queda de 26,4% face a junho do ano passado.

Abril foi o mês em que a pandemia se fez sentir de forma mais acentuada, com o crédito ao consumo a cair para 205 milhões de euros, recuperando depois para 299 milhões de euros em maio, e em junho para valores acima de 400 milhões de euros.

No conjunto do segundo trimestre o crédito ao consumo contratado pelas famílias portuguesas totalizou 924 milhões de euros, o que representa cerca de metade do registado nos primeiros três meses deste ano e no mesmo período do ano passado.

O crédito ao consumo em Portugal estava em forte crescimento antes da pandemia, atingindo valores acima dos 600 milhões de euros por mês.

Para a recuperação de junho contribuiu o crédito automóvel, com crescimentos significativos face a maio, embora registando ainda uma queda homóloga de 2,2% para 221 milhões de euros.

No crédito pessoal registou-se uma queda homóloga de 46,3% para 144 milhões de euros, enquanto nos cartões e descoberto a descida face a junho do ano passado foi de 28,3% para 55 milhões de euros.


Ver comentários
Saber mais crédito Banco de Portugal crédito ao consumo
Mais lidas
Outras Notícias