Crédito Crédito para comprar carro atingiu em Agosto segundo valor mais alto de sempre

Crédito para comprar carro atingiu em Agosto segundo valor mais alto de sempre

Continua a ser a o crédito para compra de automóvel que está a impulsionar o recurso a esta modalidade de crédito por parte dos portugueses. O valor contratado em Agosto foi o segundo mais elevado de sempre e aproximou-se dos 300 milhões de euros.
Crédito para comprar carro atingiu em Agosto segundo valor mais alto de sempre
Pedro Noel da Luz
Nuno Carregueiro 15 de outubro de 2018 às 11:18

Os portugueses continuam a aumentar o recurso ao crédito ao consumo, tendo o volume contratado superado os 600 milhões de euros no mês de Agosto, o que representa um aumento face ao mesmo mês do ano passado e Julho deste ano.

Segundo os dados revelados esta segunda-feira pelo Banco de Portugal, o crédito ao consumo atingiu 602,9 milhões de euros em Agosto, o que traduz um aumento homólogo de 6,7%, e de 1,3% contra Julho deste ano.

Continua a ser a o crédito para compra de automóvel (novos e usados) que está a impulsionar o recurso a esta modalidade de crédito por parte dos portugueses.

 

O crédito para compra de automóvel atingiu 284 milhões de euros em Agosto (crescimento de 14,9%), o que de acordo com os cálculos do Negócios representa o segundo valor mensal mais elevado de sempre e muito perto do recorde de 289 milhões de euros fixado em Maio deste ano.

As vendas de automóveis aceleraram nos últimos meses devido à adopção do novo regime de emissões, que fez antecipar as compras de veículos antes do previsto agravamento dos preços.

 

As vendas totais de automóveis novos no mercado português aumentaram 25,4% em Agosto face a igual mês do ano passado, ascendendo a 18.621 unidades, indicou a Associação Automóvel de Portugal (ACAP) em Setembro.

O mercado de automóveis usados também mostrou um forte dinamismo, uma vez que o crédito para compra destes veículos disparou 15,2% (na modalidade com reserva de propriedade e outros) e 32,8% modalidade locação financeira ou ALD).

O crédito para compra de automóvel representa assim perto de metade do financiamento ao consumo que foi concedido em Agosto. As restantes modalidades registaram ganhos bem menos expressivos, tendo-se verificado mesmo uma descida 14,2%, para 80 milhões de euros, nos cartões de crédito e descoberto.

No crédito pessoal (educação, saúde e outros fins) o montante de financiamento aumentou 6,4% para 238 milhões de euros.

 

A concessão de crédito tem aumentado de uma forma generalizada em Portugal, com particular destaque para o consumo e a habitação.

Se na habitação os novos créditos estão ainda abaixo do pico atingido em 2007 (os bancos emprestaram  6.503 milhões de euros para a compra de casa, nos primeiros oito meses do ano), no consumo o nível já é superior. As novas operações no crédito ao consumo ascenderam a  3.132  milhões de euros, entre Janeiro e Agosto de 2018, um valor acima dos 2.435 milhões de euros  emprestados no mesmo período de 2007.


(noticia actualizada às 11:37 com mais informação. Título alterado)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI