Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Draghi diz que BCE está pronto para voltar a cortar nas taxas de juro se for necessário

O presidente do BCE revela que os membros do Conselho de Governadores estão prontos para voltar a mexer nas taxas de juro caso seja necessário, mesmo depois de na última semana a entidade ter reduzido as taxas para o valor mínimo de 0,5%.

Inês Balreira inesbalreira@negocios.pt 06 de Maio de 2013 às 17:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

“Vamos estar atentos a todos os dados económicos da Zona Euro que nos cheguem nas próximas semanas e, se necessário, estamos prontos para agir novamente”, afirmou Mario Draghi esta segunda-feira, 6 de Maio, num discurso em Roma, citado pela Bloomberg. “A política monetária permanece flexível”, acrescentou.

 

Na última semana, o Conselho de Governadores decidiu reduzir a taxa de juro de referência 0,25 pontos percentuais para 0,5%, numa tentativa de reanimar a economia dos países da moeda única.

 

No dia em que anunciou a redução da taxa para um valor mínimo, a 2 de Maio, Mario Draghi afirmou que os decisores políticos tinham “uma mente aberta” quanto a uma nova redução da taxa, podendo mesmo descer para terreno negativo a taxa sobre os depósitos, actualmente em 0%.

 

“O Conselho do BCE decidiu, pela primeira vez, olhar abertamente para a possibilidade de reduzir a taxa de juro [dos depósitos] para valores negativos”, afirmou Draghi. “Há muitas complicações. Há muitas consequências que devemos ter em conta e estudar atentamente. O Conselho do BCE decidiu analisar essas consequências de forma a estar pronto a agir se necessário”.

 

As novas afirmações do presidente do BCE vêm assim aumentar as probabilidades de a entidade voltar a mexer nas taxas de referência se o cenário macroeconómico continuar a dar sinais negativos.

 

Segundo Draghi, a decisão da última semana foi baseada no “fraco cenário macroeconómico” que se alastrou a vários Estados Membros, países “onde até agora a implementação das políticas monetárias nunca tinha sido questionada”.


Notícia actualizada às 17h59 com mais informação

Ver comentários
Saber mais Draghi BCE taxas de juro
Mais lidas
Outras Notícias