Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Draghi: "2012 será um ano muito melhor para a Zona Euro"

Presidente do BCE vê "sinais encorajadores" em muitos países europeus, e está confiante que o próximo ano será mais positivo para o euro.

Rita Faria afaria@negocios.pt 19 de Janeiro de 2012 às 14:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, afirmou hoje que 2012 será um ano “muito melhor” para a Zona Euro, com os governos a avançarem com as reformas necessárias e os benefícios dos empréstimos do BCE a tornarem-se mais visíveis.

“Estou confiante que o euro estará em melhor forma em 2012, porque olho para os progressos que já foram alcançados ao nível da disciplina orçamental e da falta de reformas estruturais, as duas principais causas desta situação”, disse Mario Draghi, numa conferência em Abu Dhabi, citado pela Bloomberg. “Vejo que estes dois problemas estão a ser combatidos com convicção, determinação e realismo em muitos países da zona Euro”.

Depois de, em Dezembro, o empréstimo a três anos do BCE ter inundado o mercado de liquidez, o presidente do banco central admite que essa disponibilidade monetária “preveniu uma grave crise de financiamento”, e que os seus benefícios se tornarão ainda mais visíveis nos próximos meses.

“Começamos a ver os benefícios dessa medida. Alguns mercados interbancários estão a reabrir, e as yields de vários mercados de dívida soberana caíram de forma acentuada”, disse. “Vemos sinais encorajadores”.

Apesar de considerar que no segundo empréstimo a três anos a procura vai ficar abaixo dos 489 mil milhões de euros, registados no primeiro, Draghi acredita que, ainda assim, “será muito elevada”.

Questionado sobre novas descidas da taxa de juro de referência, Draghi respondeu que os legisladores “nunca se comprometem por antecedência”.


Ver comentários
Saber mais BCE Draghi euro Europa
Mais lidas
Outras Notícias