Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euribor a três meses sobe pela 10ª sessão consecutiva

As taxas interbancárias mantêm a sua tendência de avanços na generalidade dos prazos, apesar da expectativa de corte da taxa de juro de referência da Zona Euro.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 20 de Outubro de 2011 às 10:32
A Euribor a três meses subiu novamente hoje e já segue na 10ª sessão consecutiva de avanços. A generalidade das outras taxas interbancárias também progrediu, registando apenas uma queda em 10 sessões.

A taxa a três meses avançou hoje 0,2 pontos base para 1,584%, continuando acima do valor para que caiu em Agosto, depois de o Banco Central Europeu (BCE), liderado por Jean-Claude Trichet (na foto), ter anunciado medidas de combate à frágil situação financeira na Zona Euro.

O indexante a seis meses também subiu 0,2 pontos base, neste caso para 1,785%. Por sua vez, a Euribor a nove meses avançou 0,4 pontos base para 1,956%, enquanto a taxa a doze meses está nos 2,123%, ao progredir 0,1 pontos base.

Em todos estes prazos, os indexantes avançaram em nove das últimas dez sessões, tendo apenas recuado na passada terça-feira.

Já a taxa a um mês mantém uma tendência menos definida e perdeu hoje 0,1 pontos base para 1,367%.

A subida das Euribor, que normalmente evoluem consoante a previsão de evolução da taxa de juro de referência da Zona Euro - definida pelo BCE -, contraria a expectativa de grande parte das casas de investimento, que apontam para uma descida ou manutenção dos juros até ao final do ano.

Nesse sentido, parece ser o clima de tensão económica que se sente nos mercados financeiros que leva os bancos a estarem mais desconfiados, o que os leva a pedirem maiores taxas nas várias operações interbancárias.
Ver comentários
Saber mais Euribor BCE Jean-Claude Trichet taxas de juro crise da dívida
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio