Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euribor continuam a cair e recuam sete vezes em dez sessões

A fragilidade económica europeia, com os receios de um abrandamento no crescimento, conduz à expectativa de travagem de subida de juros pelo BCE. Taxa a três meses desceu para mínimos de finais de Junho.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 19 de Agosto de 2011 às 10:48
As Euribor mantêm a sua tendência de quedas e voltaram hoje a deslizar pela terceira sessão consecutiva. Nos últimos 10 dias, as taxas interbancárias desceram, pelo menos, em sete, pressionadas pelos receios de lento crescimento económico da Europa.

A taxa a três meses caiu para um valor que não registava desde 28 de Junho. Perdeu hoje 0,2 pontos base para 1,533%, permanecendo contudo acima de 1,5%, a actual taxa de referência da Zona Euro.

O indexante a seis meses desceu 0,7 pontos base para 1,730%. No prazo a nove e doze meses, as perdas foram igualmente de 0,7 pontos base para se fixarem em 1,891% e 2,066%, respectivamente.

Todos estes marcaram sete descidas em dez dias. Já a taxa Euribor a um mês recuou 0,4 pontos base e está nos 1,344%. Não sobe há 11 sessões.

As taxas que os bancos praticam nas suas operações estão a ser penalizadas pelo frágil crescimento do Velho Continente. Esta semana, foram divulgados os dados relativos ao crescimento económico da Zona Euro. Por exemplo, a Alemanha e a França apresentaram uma estagnação.

Por sua vez, a terceira e quarta economias da região, Itália e Espanha, continuam a ser apontadas como alvos do contágio da crise da dívida europeia que já afectou três nações da Zona Euro.

Razões que indicam que talvez os juros não voltem a subir novamente este ano, depois de terem sido elevados pelo Banco Central Europeu, liderado por Jean-Claude Trichet (na foto), em Abril e Julho.

Ver comentários
Saber mais Euribor BCE Jean-Claude Trichet taxas de juro
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio