Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euribor sobem pela 10ª sessão no prazo a três meses mas caem nas maturidades mais longas

Taxas interbancárias voltam a renovar máximos de Março de 2009 nos prazos mais curtos.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 11 de Julho de 2011 às 10:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
Apesar da queda nos prazos mais curtos, a Euribor a três meses renovou hoje um novo máximo de 2009. A expectativa de um novo aumento dos juros em 2011 continua a dinamizar as taxas interbancárias.

A Euribor a três meses foi hoje fixada em 1,601%, ao avançar 0,8 pontos base. Ganha pela 10ª sessão consecutiva e regista um novo máximo desde Março de 2009.

A taxa interbancária a um mês também registou hoje um valor que não marcava desde a mesma altura. Subiu 2,8 pontos base para 1,433%.

A seis meses, a taxa manteve-se inalterada nos 1,831%, ainda assim, um número que iguala o máximo de Março de 2009.

Estas taxas com uma maturidade mais curta continuam a ser impulsionadas com a expectativa de que o Banco Central Europeu (BCE) volte a elevar os juros nos próximos meses, depois de os ter aumentado para 1,5% na semana passada. O objectivo será abandonar uma política acomodatícia e, ao mesmo tempo, combater igualmente o crescimento da inflação.

Nos prazos mais longos, a tendência foi de descida. Estas taxas estão já acima de 2%, o que não leva a avanços significativos na totalidade das sessões.

A Euribor a nove meses desce 0,5 pontos base para 2,006%, ao passo que a taxa a doze meses segue nos 2,195%, depois de ter caído 0,6 pontos base.

Ver comentários
Saber mais Euribor BCE Jean-Claude Trichet taxas de juro 1 5% BCE Banco Central Europeu Zona Euro
Outras Notícias