Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grécia poderá emitir obrigações a 5 anos já no segundo semestre do ano

O ministro das Finanças da Grécia reiterou, esta quarta-feira, que o país poderá fazer uma emissão de obrigações a cinco anos no segundo semestre deste ano.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 08 de Janeiro de 2014 às 12:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...

“A recuperação está no bom caminho” e o governo grego poderá vender obrigações a cinco anos já no segundo semestre de 2014, afirmou o governante.

 

Recorde-se que no final de Dezembro Yannis Stournaras já tinha dito que a Grécia estaria a preparar o regresso aos mercados, com emissões de dívida de médio e longo prazo no segundo semestre de 2014.

 

"Estamos a preparar o regresso aos mercados no segundo semestre de 2014" e, "segundo o organismo de gestão da dívida, proceder-se-á à emissão de obrigações a cinco anos", afirmou Yannis Stournaras numa entrevista publicada hoje no semanário grego "Realnews" e citada pela agência France Press.

 

Hoje, o ministro das Finanças reitera a intenção de regressar aos mercados já este ano. No entanto afirma que o governo prevê “um acesso limitado aos mercados” em 2014 para atingir as necessidades de financiamento”, mas que “é muito cedo para perceber se a Grécia vai precisar de novo empréstimo internacional”.

 

“Idealmente, gostaríamos de não ter novos empréstimos dos nossos parceiros europeus”, afirmou Stournaras aos repórteres, citado pela Bloomberg.

 

O ministro das Finanças grego disse ainda que os cidadãos vão começar a sentir os benefícios da melhoria da situação do défice orçamental depois de seis anos de recessão.

 

“A recuperação está no bom caminho”, concluiu.

 

Impossibilitada, desde o início da crise da dívida soberana, em 2010, e devido ao recurso ao programa de ajuda financeira da União Europeia e Fundo Monetário Internacional, de recorrer a emissões de médio e longo prazo, a Grécia apenas tem podido emitir acções do Tesouro a curto prazo.

Ver comentários
Saber mais Grécia mercados emissão a 5 anos
Outras Notícias