Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Gross prevê subida de taxas de juro pela Fed perto de Junho

Bil Gross afirma que a Reserva Federal dos EUA irá subir as taxas de juro, previsivelmente em Junho, para corrigir a distorção que as actuais taxas estão a causar no capitalismo.

Negócios 29 de Janeiro de 2015 às 16:01
  • Partilhar artigo
  • ...

O gestor de fundos de obrigações Bill Gross estima que a Reserva Federal dos EUA (Fed) aumente as taxas de juro a partir de Junho de 2015, um dia após a instituição ter afirmado que irá continuar "paciente" no que respeita à política monetária. Em entrevista à cadeia televisiva norte-americana CNBC, Gross afirmou que a Fed deverá aumentar a taxa em cerca de 25 pontos base, para enviar a mensagem de que a economia real também é importante.

 

"Mesmo enfrentando estes níveis baixos de inflação, [a Fed] reconhece que taxas de juro próximas de 0% estão a distorcer o capitalismo", disse Gross à CNBC. "As taxas de juro de 0% estão a empurrar o dinheiro para o sector financeiro para lucros arbitrários e muito pouco está a ir para investimentos na economia real", afirmou.

 

A subida das taxas de juro deverá por isso acontecer "em redor do mês de Junho", dependendo da evolução do preço do petróleo e das condições económicas na Europa e na China. O ritmo deverá, contudo, ser "muito, muito lento", afirmou Gross à CNBC.

 

Num relatório citado esta quinta-feira pela Bloomberg, Gross afirmou também que qualquer subida nas taxas será gradual e "a precaução manter-se-á por muito tempo" para evitar surpreender os mercados. Nesse relatório, o fundador da Pimco, expressa preocupação relativamente ao impacto das actuais taxas de juro na economia global e no capitalismo. "O capitalismo depende da esperança – esperança racional que um investidor tem de conseguir o seu dinheiro de volta com um retorno do investimento atractivo. Sem isso, o capitalismo transforma-se e colapsa", escreveu Gross no relatório da Janus Capital Group Inc, onde gere um fundo de obrigações.  

 

No início do ano, Gross tinha previsto que a Reserva Federal não iria subir as taxas de juro até final de 2015

Ver comentários
Saber mais Bill Gross Reserva Federal dos EUA Fed taxas de juro EUA
Outras Notícias