Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Irlanda não precisa de mais dinheiro porque "condições de mercado vão melhorar"

O governador do Banco Central da Irlanda, Patrick Honohan, não vê necessidade de discutir um segundo pacote de ajuda da UE e do FMI ao país, porque "as condições de mercado vão melhorar" e a Irlanda será capaz de ir ao mercado no próximo ano.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 30 de Maio de 2011 às 12:51
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Patrick Honohan acredita que apesar de não se poder esperar mais do que um crescimento económico moderado, “as condições nos mercados de financiamento vão melhorar” e permitir ao país emitir dívida no mercado já no próximo ano, como prevê o actual programa de ajuda.

Tal como aconteceu na Grécia e em Portugal, as taxas de juro da Irlanda continuaram a subir no mercado secundário mesmo depois de o país ter recorrido aos mecanismos de ajuda europeus.

Os comentários do governador do banco central surgem depois de o ministro irlandês dos Transportes ter dito ao “The Sunday Times” que tinha dúvidas quanto às possibilidades de a Irlanda voltar a financiar-se no mercado no próximo ano face ao nível em que estão as taxas de juro. “Penso que é muito improvável conseguirmos regressar no próximo ano [aos mercados financeiros, levará mais tempo…2013 pode ser possível, mas quem sabe?”, afirmou o ministro irlandês dos Transportes, Leo Varadkar.

Já hoje, o Ministério das Finanças veio reiterar a intenção de o país regressar ao mercado de dívida no próximo ano, tal como está previsto no acordo de ajuda externa com a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional.

Ver comentários
Saber mais Irlanda Honohan dívida
Outras Notícias