Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Japão: "Não há razão para iene ser activo de refúgio"

O ministro-adjunto das Finanças do Japão criticou a "especulação" que está por detrás da subida recente do iene, vista pelos investidores como um activo de refúgio. Iene acaba de tocar máximo histórico face ao dólar.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 19 de Agosto de 2011 às 15:31
“Não acreditamos que as recentes movimentações do iene reflectem os factores económicos fundamentais”, diz Takehiko Nakao, recentemente empossado no cargo e responsável, a par do Banco do Japão, pela política monetária do país.

O responsável admitiu que as autoridades podem voltar a intervir no mercado com “medidas apropriadas” para conter a apreciação do iene. Mas isso não acontecerá “muitas vezes, não usamos a intervenção como uma ferramenta diária”, afirmou.

Nakao explicou que, com a economia japonesa “ainda a sofrer” com os efeitos do terramoto de 11 de Março, que agravaram os problemas estruturais do país, “não há razão para o iene ser visto como uma moeda de refúgio”.

O par dólar-iene, que tocou os 85,49 ienes no início de Abril, tem vindo a descer de forma consistente, o que exprime uma valorização da moeda japonesa. O par negoceia agora abaixo dos 76 ienes, um novo máximo histórico.

Ver comentários
Saber mais Iene dólar
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio