Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juros da dívida continuam em queda após leilão a 10 anos

Os juros da dívida portuguesa permanecem em queda ligeira após o Tesouro ter realizado o primeiro leilão de dívida de longo prazo da "era" da troika sem recorrer a um sindicato bancário.

Bloomberg
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A taxa de juro da dívida a 10 anos acentuou muito ligeiramente a tendência de queda, estando agora a perder 7,8 pontos base para 3,623% - o nível mais baixo desde 2006 -, de acordo com as taxas genéricas da Bloomberg.

 

A cinco anos a taxa de juro implícita da dívida portuguesa perde 5,3 pontos base para 2,386% e a dois anos recua 1,2 pontos base para 1,084%.

 

O Tesouro português realizou esta quarta-feira, 23 de Abril, a primeira emissão de dívida de longo prazo da "era" da troika sem apoio de um sindicato de bancos. Foram colocados os 750 milhões de euros que correspondem ao máximo do intervalo indicativo (500 milhões a 750 milhões) e a procura superou esse montante em 3,47 vezes.

 

Os títulos, que pagam um cupão anual de 5,65%, foram colocados a um preço que pressupõe uma rendibilidade anual bruta de 3,592%. É a taxa absoluta mais baixa que o Estado paga em emissões a 10 anos desde o ano de 2005.  

Ver comentários
Saber mais juros da dívida leilão
Outras Notícias