Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juros da Irlanda voltam a disparar 18 pontos base

Dúvidas sobre o resgate da Irlanda estão a levar os juros da dívida do país a disparar 18 pontos base. As "yields" das obrigações portuguesas estão estáveis, ainda que com tendência de subida.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 16 de Novembro de 2010 às 13:20
  • Partilhar artigo
  • ...
Os juros da dívida irlandesa a 10 anos estão a subir 18 pontos base para 8,143%, voltando assim a superar a fasquia dos 8%. A “yield” das obrigações a dois anos está a avançar 14,3 pontos base para 5,522%.

Em Portugal, a evolução está a ser estável. A taxa de juro das obrigações a 10 anos sobe 2,9 pontos base para 6,768%, e os juros das obrigações a dois anos avançam 2,8 pontos base para 4,184%, segundo os preços genéricos da Bloomberg.

A pressão sobre a Irlanda para um pedido de ajuda está a aumentar. O próprio primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen, admitiu a possibilidade de recorrer à ajuda para “reforçar a estabilidade financeira e do sector bancário”.

Estas declarações surgiram como uma abertura para uma ajuda da União Europeia, numa altura em que a pressão sobre o país está a aumentar, tendo já vários responsáveis europeus apelado e sugerido que a melhor solução para a região seria uma intervenção na Irlanda, cujos problemas no sector financeiro vai elevar o défice orçamental do país para 32% este ano.

O presidente da União Europeia, Herman van Rompuy, lançou hoje um alerta sobre a situação da Zona Euro. "Temos que trabalhar todos em conjunto para permitir que a zona euro sobreviva. Porque se a zona euro não sobreviver, a União Europeia também não sobreviverá", adiantou.

Ver comentários
Saber mais juros dívida Irlanda Portugal obrigações
Outras Notícias